Café com decoração aconchegante com sofás e livros

Fica ali em Alfama um café super descontraído e aconchegante chamado Pois Café. Com chão e paredes de pedra da construção original do prédio, a decoração é bem informal e alegre. Tem baús garimpados, móveis com design anos 70 e as paredes servem de exposição para obras de artistas locais. Podes te atirar nos sofás, leres um livro e aproveitar uma bela tarde, sozinho ou com amigos. Tem a particularidade de poderes dividir a mesa com estranhos e de usufruir de todos os livros, revistas e jogos que o espaço tem.

Eu ando a louca do veludo. Adorei esses futtons com veludo verde antigo jogadas em cima das cadeiras.

No menu há sopas, tapas, saladas, sanduíches e sobremesas deliciosas. Eu optei por pedir a LAx, uma tosta de salmão fumado, queijo creme e cebola roxa – EITA. Para beber quis experimentar uma limonada típica da Austria chamada KRACHERL com mirtilos selvagens, água com gás e suco de limão. Eu adorei, mas tem que gostar de bebida doce, porque essa era bem docinha.

Como o Café fica em Alfama vale a pena explorar a vizinhança que é bem típica, observar as construções, as ruelinhas, as roupas estendidas nos varais, os azulejos nas fachadas e visitar Catedral da Sé. Se estiver na época vale também pegar uma laranja na laranjeira e se deliciar 🙂

Acho que misturar materiais, cores e estilos na decoração super funciona e esse lugar é uma prova disso. Olha como uma sofá clássico – mantive a cor vermelha mas mudei o estilo para dar aquele tchan – pode combinar com uma estante e luminária modernas. E veludo, madeira, couro e metais também se harmonizam lindamente.

get the look of home design

baels de coco com frutas decorado com flores comestíveis

Ai ai, instagram e Pinterest são as tentações da atualidade, pelo menos assim é para pessoas visuais como eu e como você. A gente fica perdida admirando tanta belezura, e vai rolando o mouse pra baixo, ou passando o dedo na tela do celular por horas. Mas tem vezes que a gente para. PARA tudo! O que é isso? Pausa dramática! Foi o que aconteceu quando vi esses bowls dos deuses, obras de arte em forma de alimento! Verdadeira febre na Califórnia desde 2016 promovida pela Amazebawls, por aqui em terras portuguesas não vi nada parecido, no Brasil também não. Se você já viu em outros lugares por favor me diga. A receita é simples porque não tem receita, desde que siga algumas regras essenciais como ter um coco natural, usar ingredientes variados em cores e alguma base cremosa. Se você está em uma vibe mais saudável (parabéns amiga eu ainda chego lá também) pode abusar dos iogurtes, açaís, frutas da estação, granolas e cereais. Se você é gordinha de alma assim como eu, já pode colocar um bom sorvete, marshmelows, pedações de chocolate e morangos para dar uma cor e uma aliviada na consciência. Por falar em cor, flores comestíveis também dão aquele toque mais que especial. Mas pela-amor-de-deus certifique-se que elas realmente são comestíveis. Depois no mais é aproveitar a delícia mas sem antes tirar uma foto ca-la-ro! 😀

detalhe para o coco albino que eu não conhecia, onde compra isso gente? Lovely Lovely!

Mas se o clima já está mais frio e o inverno chegando, que tal usar a casca de côco para servir um vatapá (prato típico do norte do Brasil), uma sopa, ou ainda alguma receita tailandesa ou marroquina que super vai combinar! Aliás estou super viciada em comida tailandesa, mas isso falamos em outro post 🙂

Mas Juuuu eu preciso de uma receita para seguir!!!!! Ok então separei este vídeo bem legal do canal Blogilates, mas já aviso que não tem chocolate nem nutella.

Image credits: 1, 2, 3 ,4, 5, 6, 7

rustic restaurant with charming decoration

Com esses dias de sol e tempo seco que Portugal proporciona em pleno inverno (love you Portugal by the way), apetece estar na rua, caminhar, sentir o aroma do mar e da lenha saindo das casas. E foi num dia assim que descobri o House Of Wonders, um charmoso e colorido bistrô vegano em Cascais. A fachada já chama atenção, com banquinhos de madeira, mesa de pátina e muitas flores por cima. Mas ao entrar é que se mostra o verdadeiro encanto. Os móveis são rústicos e todos misturados, o acúmulo de cera derretida das velas e os objetos únicos que parecem contar uma história.

O aroma é uma delícia, mistura de sucos de frutas, bolos e forno a lenha. E a comida? Ah a comida… tão saborosa, com gosto de produtos frescos.

Quando você acha que acabaram as surpresas você descobre o terraço! Muito aconchegante, com mesinhas, mantinhas, almofadas e uma encantadora vista que registrei em video. Visitar o House of Wonders é ter uma experiência muito além de gastronômica, é ter uma experiência sensorial.

 

Se gostou da decoração que tal levar um pouco dessa vibe para dentro de casa?  Aposte em algumas peças chave como uma mesa de madeira crua ou de demolição, almofadas coloridas de materiais naturais, ferragens com frutas, velas derretidas (sempre), uma lousa com escrito ou desenho em giz, cadeiras diferentes e repintadas e porque não, um chapéu de lantejoulas para dar aquele fator surpresa.

Image credits: Lovely Lovely